Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Endocrinologia

Pediatria Geral

Paciente de 1 mês de idade, sexo masculino, dá entrada no pronto socorro com quadro de desidratação grave. Segundo a mãe, a criança estava apresentando vômitos e fezes amolecidas há 2 dias, 5 a 6 evacuações diárias. Não apresentou febre. Refere também dificuldade em ganhar peso desde o nascimento. Ao exame físico a criança encontra-se em mau estado geral, desidratado grau 3, aspecto emagrecido, bolsa escrotal hiperpigmentada. Restante do exame físico sem particularidades. Os exames laboratoriais de entrada mostraram K = 6,0 mEq/L, Na=122 mEq/L, Uréia=25 mg/dl, Creatinina=0,5 mg/dl, Hb=13 mg/dl, VCM 82, Ht= 39%, 8.500 leucócitos (55% neutrófilos, 40 linfócitos, 3 % bastões, 2% monócitos). Qual o diagnóstico mais provável deste paciente?

A
Gastroenterite aguda.
B
Sepses.
C
Insuficiência adrenal.
D
Invaginação intestinal.
E
Meningite.
Em relação à nefropatia induzida por contraste, é CORRETO afirmar que:
Na gravidez ectópica, o aspecto do endométrio mais sugestivo é:
O diagnóstico definitivo de endometriose se baseia:
Paciente com 56 anos de idade, previamente dislipidêmico, sem uso de medicação específica e história de trombose venosa de membros inferiores há 2 meses, em uso de varfarina. Apresenta mal-estar epigástrico vago, sensação de plenitude pós-prandial e dor em queimação epigástrica que iniciou há 3 meses. Refere acordar por causa da dor. Ao procurar a unidade básica de saúde, recebeu o diagnóstico clínico de gastrite e foi medicado com cimetidina. Como a dor não passava, resolveu, por conta própria, acrescer o uso de omeprazol. Quatro dias após o início do omeprazol, deu entrada na emergência por hematêmese e melena. Nesse momento, ao exame físico, apresentava palidez extremamente intensa e se encontrava em choque hipovolêmico. Evoluiu com parada cardíaca e não foi possível reverter a situação, indo a óbito no mesmo dia. Com base nesse caso, assinale a alternativa INCORRETA:
Compartilhar