Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Doenças Respiratórias

Paciente de 12 meses de idade, sexo feminino, vem a consulta médica por falta de ganho ponderal há 60 dias. Sem outras queixas. A mãe refere que a criança alimenta-se normalmente, apresentando dieta adequada para a idade. Seu peso atual está no P 3 (anteriormente no P10) e a estatura no P 25 (anterior P25). O exame físico geral e segmentar não apresenta alterações. Há aproximadamente 1 semana, realizou hemograma e parasitológico de fezes que foram normais. Qual seria a melhor conduta para este paciente?

A
Solicitar parcial de urina.
B
Expectante.
C
Realizar biópsia intestinal.
D
Solicitar urocultura com antibiograma.
E
Solicitar teste do suor.
Em recém-nascidos e lactentes com leucocoria, os seguintes diagnósticos diferenciais que NÃO devem ser considerados:
Criança de 2 anos de idade, proveniente de abrigo, cujos dados de pré-natal e parto são desconhecidos, apresenta retardo de desenvolvimento neuropsicomotor. A acompanhante acha que a criança não enxerga. Ao exame, nota-se que ela não consegue fixar e seguir objetos, inclusive os sonoros, e apresenta alterações ósseas e dentárias (dentes de Hutchinson). Qual o achado mais provável no fundo de olho?
No atendimento a pacientes com epistaxe severa, qual a prioridade?
J.G.J., 55 anos, feminina, hipermétrope, chega ao Pronto Socorro Municipal no plantão noturno com visão embaçada, dor ocular intensa, náusea, vômito, bradicardia e sudorese. O quadro clínico apresentado deve-se
Compartilhar