Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 19 anos, inicia quadro de dor pélvica há dois dias, associada a corrimento vaginal. Refere intercurso vaginal não protegido com desconhecido há cerca de 14 dias. A exame observa-se colo discretamente hiperemiado, dando saída a secreção purulenta. O toque vaginal mostrava-se extremamente doloroso, mas não havia sinais de irritação peritoneal. Sem queixas urinárias ou intestinais. O diagnóstico mais provável é:

A
Doença Inflamatória pélvica aguda
B
Tricomoníase
C
Apendicite aguda
D
Prenhez tubária rota
E
Adenite mesentérica
Um paciente de 45 anos do sexo masculino tem hérnia inguinal à direita e será submetido à correção cirúrgica, com tela. Não é hipertenso nem diabético. Não faz uso habitual de nenhuma medicação. Nunca foi internado. Nega outras morbidades. Exames pré-operatórios que devem ser solicitados:
Um paciente foi internado para investigação de dor abdominal crônica agudizada, com tomografia contrastada agendada após 3 dias. Trata-se de um paciente de 52 anos, sabidamente diabético há 5 anos, em uso de metformina 850 mg 3x/dia, sem complicações em órgãos-alvo do diabetes. Seus últimos exames de glicemia capilar pré-prandial foram: 250, 225, 192 e 200 mg/dl. A conduta médica correta é:
Um lactente com seis meses de idade é conduzido à Unidade Básica de Saúde da sua comunidade por apresentar febre há seis dias, com temperatura corporal variando no período de 24 horas entre 38,6°C e 39,5°C, acompanhada de tremores de frio. A cuidadora refere estar usando dipirona e paracetamol de forma alternada durante os picos febris. Após anamnese e exame físico minucioso, não se encontrou nenhuma anormalidade. Considerando o quadro clínico apresentado, julgue as afirmativas como verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) O quadro pode ser caracterizado como febre de origem indeterminada, na qual estudos na faixa etária pediátrica demonstram as causas infecciosas como principal etiologia. ( ) Hemograma, Velocidade de Hemossedimentação (VHS), proteína C reativa, sumário de urina e urocultura são exames complementares indicados na investigação do quadro febril. ( ) No que se refere à evolução, a febre descrita acima é considerada contínua por expressar variação entre a temperatura máxima e mínima nas 24h inferior a 1°C. ( ) O uso associado de dois antipiréticos está indicado neste caso, sendo justificado por tratar-se de febre sem foco aparente com temperaturas que atingem 39,5°C associada a tremores de frio, compreendidos como sinais de alerta em lactentes com febre. ( ) A hemocultura deve ser considerada para investigação de bacteremia oculta. A sequência correta é:
Uma criança de 1 semana de vida deu entrada no hospital devido a vômitos. Um estudo contrastado gastrointestinal evidenciou obstrução duodenal. Durante a laparotomia foi diagnosticado pâncreas anular. Qual afirmação é VERDADEIRA em relação ao pâncreas anular?
Compartilhar