Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Paciente de 20 anos com ciclos menstruais previamente regulares procura pronto-atendimento com queixa de sangramento genital há 2 horas, após atraso menstrual de 10 dias. Ao exame físico apresenta-se afebril, com abdome indolor; exame especular = pequena quantidade de sangue coletado em fundo de saco posterior; toque = colo grosso, posterior, impérvio e indolor à mobilização. Solicitados os exames: beta-hCG quantitativo = 2.200 mUI/mL e ultrassonografia transvaginal que revela eco endometrial = 10 mm, sem demais alterações. Conduta esperada:

A rinite alérgica é uma afecção comum na infância. Em relação à abordagem adequada e ao tratamento eficaz deste problema de saúde, avalie as assertivas abaixo e depois assinale a opção correta: I - Mesmo no caso de lactentes sadios, mas com história de atopia na família, deve-se orientar o aleitamento materno e a restrição de alérgenos aéreos que podem reduzir em cerca de 50% o risco de atopia. / II - Rinite com obstrução persistente de fossas nasais pode levar a alterações e sequelas no crescimento facial como face alongada, nariz pequeno e mordida cruzada posterior. / III - O tratamento medicamentoso deve ser evitado nos casos de rinite persistente, visto que há pouco resultado prático e o uso de medicação pode trazer mais malefícios do que benefícios. / IV - Exames complementares tem pouca valia para embasar o diagnóstico da rinite alérgica, o qual deve ser feito baseado na história clinica e nos antecedentes pessoais e familiares de atopia.
RELACIONE AS COLUNAS DA ESQUERDA E DA DIREITA e assinale a alternativa que contém a SEQÜÊNCIA CORRETA: Enzimas: (I) Aspartato aminotransferase. (II) Desidrogenase láctica. (III) Alanina aminotransferase. (IV) Creatina fosfoquinase. (V) Fosfatase alcalina. Características: ( ) Enzima que encontra-se aumentada em pacientes com hepatomegalia sem icterícia (possível metástase hepática) e tem importância também na diferenciação de várias doenças ósseas que cursam com atividade osteoblástica ou osteoclástica. ( ) Enzima presente no citoplasma e mitocôndrias e, portanto, sua elevação sérica indica comprometimento celular mais intenso. No caso do hepatócito, esse fato se revela por uma elevação por tempo mais prolongado nas hepatites virais agudas e uma elevação seletiva nos casos e hepatites alcoólicas, metástases hepáticas e necroses medicamentosas e isquêmicas. ( ) Enzima composta por três isoenzimas exerce importante atividade reguladora do metabolismo intracelular da musculatura esquelética, tecido cardíaco e no cérebro, por isso é importante as suas dosagens no diagnóstico do infarto do miocárdio, na distrofia muscular e em lesões cerebrais. ( ) Enzima que tem sua origem predominantemente citoplasmática, apresenta rápida elevação nos casos de hepatites virais, mononucleose infecciosa, doença por citomegalovirus e hepatite medicamentosa. ( ) Enzima composta por cinco isoenzimas, e a concentração de cada uma delas podem indicar ocorrência de lesões ou falhas teciduais nos diferentes órgãos. Referência: NAOUM, P.C. Doenças que alteram exames bioquímicos. Volume II. Editora Atheneu, 2009.
O tratamento de escolha para um lactente de 6 meses de idade que apresenta quadro de espasmos em flexão de membros, cabeça e tronco e ao eletroencefalograma apresenta hipsarritmia é:
Processo degenerativo da conjuntiva ocular caracterizado por invasão tecidual, vindo da conjuntiva, sobre a córnea:
Compartilhar