Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Paciente de 20 anos, refere aumento súbito de volume em bolsa escrotal à esquerda, doloroso, após traumatismo jogando handebol, há 3 dias. Ao exame observa-se aumento de volume à esquerda, tenso, pouco doloroso, teste de transiluminação de difícil avaliação, não se conseguindo diferenciar os elementos da bolsa escrotal pela palpação. São diagnósticos possíveis, EXCETO:

A
Hidrocele não-comunicante.
B
Hidrocele comunicante.
C
Hidrocele de cordão.
D
Tumor;
E
Hérnia inguinoescrotal encarcerada.
São fatores anatômicos que predispõem à apneia obstrutiva do sono e hipoventilação todas as possibilidades citadas abaixo, EXCETO:
A convulsão febril é o problema neurológico mais comum na infância. Em relação à convulsão febril, assinale a alternativa INCORRETA.
No paciente que se apresenta com clínica de rinossinusite aguda, devemos desconfiar de infecção bacteriana ao invés de viral quando:
Criança de 3 anos, com história ou crises convulsivas, em uso regular de fenobarbital, dá entrada no pronto-socorro com convulsão tônico clônico generalizada de duração maior do que 15 minutos, segundo relato dos pais. Mãe refere que a criança não recebeu as últimas 2 doses da medicação. Qual é a sequência ADEQUADA de condutas para esse caso?
Compartilhar