Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Obstetrícia

Paciente de 22 anos com queixa de úlcera vulvar dolorosa e febre há 3 dias. Refere que há cerca de 4 dias iniciou com quadro de prurido local, pouco de dor e algumas pequenas vesículas no grande lábio direito. Ao exame, observam-se ulceras rasas, fundo limpo, dolorosas e irregulares, com cerca de 3mm cada, no grande lábio direito, em extensão de 3cm. Apresenta, também, linfadenomegalia dolorosa à direita. O que deve ser feito?

A
Pesquisa de Haemophilus ducrey no material das bordas das lesões.
B
Punção da linfadenomegalia e cultura da secreção.
C
Tetraciclina 500mg a cada 6 horas por 21 dias.
D
Aciclovir 400mg 3 vezes ao dia por 7 dias.
E
Limpeza local água boricada e sorologia para sífilis.
Um paciente masculino, branco, 65 anos, com diabetes do tipo II, foi submetido à ressecção de tumor de cólon. Aos doze dias de pós-operatório, sob NPT e apesar da cobertura de antibióticos de amplo espectro, apresenta 38,5 ºC de temperatura axilar e instabilidade hemodinâmica. Entre outras alterações, os exames laboratoriais revelam leucocitose, creatinina de 2,8 mg/dL e hemocultura positiva para Candida krusei. Qual a conduta mais adequada em relação a esses achados?
São sinais radiológicos precoces da artrite reumatoide, exceto:
Paciente de 23 anos, com práticas esportivas regulares, com fratura de fêmur há 2 dias, apresentando dispneia intensa e confusão mental, o diagnóstico mais provável:
Na assistência pré-natal a ultrasonografia abstétrica é importante na avaliação do desenvolvimento fetal. A US morfológica deve ser realizada entre:
Compartilhar