Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente de 22 anos, G2P1A0 (parto vaginal há 3 anos), 33 semanas, chega à emergência da maternidade com sangramento vivo e indolor, de leve intensidade, de início há 2 horas. PA 120 X 80 mmHg, pulso 76 bpm, FR 16 irpm. Ao US evidencia-se placenta prévia marginal e feto com boa vitalidade (BCF 144 bpm, ILA 150 mm, boa movimentação fetal). Qual a conduta mais adequada?

A
Interrupção imediata da gestação por cesariana.
B
Progesterona via vaginal e acompanhamento ambulatorial semanal.
C
Internação, corticoterapia e observação clínica.
D
Corticoterapia e acompanhamento ambulatorial semanal.
E
Indução imediata do parto por via vaginal
Paciente feminina, de 53 anos, com história de diabetes, em uso de metformina, apresenta 4 meses de evolução de parestesia em mão direita, que acomete os 4 primeiros quirodáctilos e piora durante a noite. Apresenta força motora, reflexos e trofismo preservados. Tinel e Phalen positivos. Em relação ao caso, assinale a assertiva correta.
O diagnóstico de convulsão febril na infância é eminentemente clínico e, para tanto, alguns critérios devem ser considerados. Dos critérios abaixo, qual tem relação com convulsão febril?
Em uma consulta de rotina do Posto de Saúde, você atende uma criança que apresenta as seguintes habilidades: anda com apoio, aproxima-se quando é chamada, bate palmas, solta um objeto sob comando, emite 1 ou 2 palavras com significado. Considerando as diretrizes com referência à faixa superior da normalidade, você diria que essa criança tem quanto tempo?
Paciente de 55 anos, assintomático, apresenta diagnóstico de câncer de próstata. PSA total: 12,5. Toque retal: próstata endurecida em lobo direito. Biópsia de próstata: adenocarcinoma de próstata. Gleason 8 (5+3). Todos os fragmentos comprometidos em lobo direito. Estadiamento não evidenciou doença a distância. T2bN0M0. Qual (is) a (s) opção (ões) de tratamento para este paciente?
Compartilhar