Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente de 22 anos, G2P1A0 (parto vaginal há 3 anos), 33 semanas, chega à emergência da maternidade com sangramento vivo e indolor, de leve intensidade, de início há 2 horas. PA 120 X 80 mmHg, pulso 76 bpm, FR 16 irpm. Ao US evidencia-se placenta prévia marginal e feto com boa vitalidade (BCF 144 bpm, ILA 150 mm, boa movimentação fetal). Qual a conduta mais adequada?

A
Interrupção imediata da gestação por cesariana.
B
Progesterona via vaginal e acompanhamento ambulatorial semanal.
C
Internação, corticoterapia e observação clínica.
D
Corticoterapia e acompanhamento ambulatorial semanal.
E
Indução imediata do parto por via vaginal
De acordo com as normas do Ministério da Saúde o tratamento indicado para um pré-escolar internado com pneumonia aguda que apresenta febre, palidez, tiragem subcostal e vômitos é:
Quantos pares de nervos espinhais se fixam na medula?
Um lactente de 4 meses, do sexo masculino, é levado à consulta de puericultura. Explorando os dados de história, verifica-se que a criança é o quarto filho do casal, que o mesmo nasceu de 34 semanas com peso de nascimento de 1 900 g e que é alimentado com leite de vaca. Os pais são fumantes e o bebê é freqüentemente colocado para dormir na posição prona. Diante deste histórico o pediatra preocupa-se com o potencial para síndrome da morte súbita do lactente, pois todas as características apuradas são fatores de risco, EXCETO:
Um homem de 30 anos, HIV positivo, em uso de antirretrovirais, apresenta diarreia com sangue e emagrecimento há 3 meses. Na investigação foram encontrados processo inflamatório e ulcerações no cólon transverso, cólon direito e íleo, entremeados com áreas de mucosa normal, além de fístulas intestinais e doença perianal. O diagnóstico mais provável é de:
Compartilhar