Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Ortopedia

Paciente de 23 anos, com práticas esportivas regulares, com fratura de fêmur há 2 dias, apresentando dispneia intensa e confusão mental, o diagnóstico mais provável:

A
Choque hipovolêmico
B
Crise de asma brônquica
C
Tromboembolismo pulmonar
D
Embolia gordurosa
E
Broncopneumonia
Pré-escoIar de quatro anos, sexo masculino, natural e procedente de Vitória (ES), iniciou quadro de claudicação dolorosa, que dificulta a deambulação, embora consiga ficar em pé. Duas semanas antes do início desse quadro, apresentou três dias de sintomas sugestivos de resfriado, semelhante a outros quadros de resfriado anteriores. Nega viagens nos últimos 12 meses. No momento, apresenta-se: afebril; bom estado geral; consegue deambular, mas apresenta dor e limitação de movimentos do quadril direito. Radiografia de quadril em AP normal. Ultrassonografia dos quadris evidencia discreto derrame articular. O hemograma evidencia leucometria normal e ausência de anemia e discreta elevação da Velocidade de Hemossedimentação (VHS). A hipótese diagnóstica mais provável é:
São marcos do desenvolvimento esperados em um lactente de sete meses de idade com história de nascimento a termo:
Paciente do sexo masculino, atleta de 19 anos, jogava uma partida de tênis no seu clube como de costume. Ao final do primeiro set sofreu um ataque de seu adversário, no qual a bola de tênis atingiu seu olho direito com grande velocidade e alto impacto. Sentiu uma dor muito intensa, começou a enxergar embaçado e em alguns minutos passou a enxergar duplo. Dirigiu-se ao pronto atendimento onde no exame físico constatou-se: edema e hematoma periorbitário à direita, com limitação do olhar para cima e discreto desvio medial de olho direito, com hiperemia conjuntival e proptose. Sobre o tipo de trauma sofrido pelo paciente em questão, assinale a alternativa incorreta:
Índice de Mallampati estratifica a dificuldade a intubação traqueal. Sua classificação está relacionada com:
Compartilhar