Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Nefrologia

Reumatologia

Paciente de 23 anos, do sexo feminino, com diagnóstico de lupus eritematoso sistêmico há dois anos, apresenta exame de urina com +++ proteína, 50.000 hemácias, 30.000 leucócitos, proteinúria nas 24 horas de 5,0g; albumina sérica de 2,6mg/dL; colesterol total de 270mg/dL; creatinina sérica de 0,8mg/dL (filtração glomerular de 95mL/min). O DIAGNÓSTICO HISTOLÓGICO MAIS PROVÁVEL é glomerulonefrite: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição.

A
Mesangial.
B
Proliferativa focal.
C
Proliferativa difusa.
D
Membranosa.
E
Nenhuma das alternativas acima (A, B, C ou D) está correta.
São fatores associados a um risco aumentado de desenvolvimento do câncer de estômago:
Paciente 55 anos, sexo masculino com quadro de diarreia secretória persistente associado com elevação dos níveis de cálcio sérico e úlcera péptica de difícil controle clínico. Nesta situação, devemos investigar, principalmente:
Com relação ao diagnóstico do diabetes mellitus, é INCORRETO afirmar:
A respeito da cetoacidose diabética, assinale a alternativa INCORRETA.
Compartilhar