Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Paciente de 24 anos, gestante de 20 semanas, em uso de sulfato ferroso, foi encaminhada ao hematologista para investigação de anemia microcítica e hipocrômica, com RDW (índice de variabilidade dos glóbulos vermelhos) normal, mas que apresenta diminuição gradativa de hemoglobina e do hematócrito apesar da reposição de ferro. Apresenta ferritina normal, mas não trouxe dosagem do ferro sérico. Qual o diagnóstico possível e conduta adequada?

A
Anemia de cooley, devendo-se solicitar eletroflorese de hemoglobina, onde haverá nível de hemoglobina fetal > 20%.
B
Anemia ferropriva com complemento de ferro insuficiente; prescrever noripurum EV.
C
Talassemia Minor, devendo-se solicitar eletroflorese de hemoglobina, onde haverá predomínio de hemoglobina A2.
D
Anemia de Doença-Crônica; internar a paciente para investigação diagnóstica.
E
Nenhuma das respostas acima.
Paciente apresenta-se na emergência com melena. Nega hematêmese e hematoquezia. A origem mais provável desse sangramento é:
Assinale abaixo o valor limite de PCO2 acima do qual se confirma o diagnóstico de morte encefálica na prova da apneia.
Recém-nascido do sexo feminino com idade gestacional de 38 semanas, nasceu de parto cesariano devido a polidrâmnio, Apgar 7 e 10, não foi possível passagem de sonda gástrica durante o atendimento na sala de parto. Iniciou quadro de taquipneia e saída oral de secreção salivar "espumosa". Foi submetida a radiografia simples de abdome, que evidenciou bolsão esofágico dilatado e presença de ar no abdome. O diagnóstico etiológico mais provável é:
No câncer de próstata, o escore de Gleason, observado na histologia, tem um papel crucial não só na classificação dos tumores, mas também como fator prognóstico. Sobre o escore de Gleason, é INCORRETO afirmar:
Compartilhar