Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 25 anos de idade com febre e dor intensa no baixo ventre. Ao toque bimanual, refere dor à mobilização do colo uterino. Palpa-se massa anexial E. Os exames complementares revelam: Hb = 13 g, Hematócrito = 38%, Leucócitos = 15.600/mL (12% bastonetes, 60% segmentados, 1% eosinófilos, 18% linfócitos) VHS = 50 e proteína C reativa = 32 mg/dL. A ultrassonografia transvaginal mostra imagem cística anexial de conteúdo espesso, medindo 4 cm de diâmetro. A conduta imediata é:

A
internação, introdução de Gentamicina 80 mg EV de 8/8 horas + Clindamicina 900 mg EV de 8/8 horas, analgésicos e antitérmicos.
B
aspiração guiada por ultrassonografia, analgésicos e antitérmicos, Ofloxacina 400 mg, V.O. de 12/12 horas + Metronidazol 500 mg V.O. de 12/12 por 14 dias, retorno em 48 horas.
C
internação, laparoscopia para drenagem cirúrgica, analgésicos e antitérmicos, observação hospitalar por 24 horas.
D
drenagem por culdotomia, introdução de Gentamicina 80 mg EV de 8/8 horas e Clindamicina 900 mg EV de 8/8 horas, analgésicos e antitérmicos.
E
internação, laparoscopia para drenagem cirúrgica Gentamicina 80 mg EV de 8/8 horas + Metronidazol 500 mg V.O. de 12/12.
Criança de 2 ½ anos, apresenta tosse e febre há 5 dias associada a vômitos, com dificuldade respiratória e piora no estado geral há dois dias. O exame físico apresenta regular a bom estado geral, com frequência respiratória de 60min, frequência cardíaca de 140min, descorado ++/4+, acianótica. Pulmões com movimentos ventilatórios diminuídos à direita com estertores crepitantes e fígado a 2 cm do rebordo costal direito. O raio X de tórax: infiltrado homogêneo em quase todo o hemotórax inferior direito, com sinais de derrame pleural, confirmado pelo decúbito lateral direito. Em relação ao caso é CORRETO afirmar:
Criança de 2 anos de idade é levada ao pronto-socorro devido a um quadro súbito de movimentos tônico-clônicos generalizados com liberação esfincteriana. No exame de entrada, apresentava-se febril 39ºC, ausculta pulmonar com roncos de transmissão e orofaringe pouco hiperemiada, sem sinais meníngeos e em outras alterações no exame físico; pais negavam uso de medicamento ou patologias prévias. Em relação ao quadro, assinale a alternativa CORRETA:
Quanto à fisiologia da tireoide e o controle metabólico que exerce no organismo é INCORRETO afirmar:
Qual é objetivo principal da laparoscopia diagnóstica para um testículo não palpável?
Compartilhar