Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 27 anos de idade chega ao consultório médico com laudo citológico mostrando lesão intra-epitelial de alto grau. Nos antecedentes ginecológicos, consta GII PII A0, vida sexual ativa, laqueadura tubária bilateral. Nega ser tabagista e etilista. A colposcopia é satisfatória, com lesão, totalmente visualizada, concordante com a citologia. Diante do caso, assinale a alternativa correta quanto ao procedimento médico que deve ser feito.

A
Fazer uma biópsia para confirmar o resultado da citologia e marcar novo retorno.
B
Repetir a citologia e colposcopia de três em três meses, pois a lesão não se mostra invasora.
C
Pedir revisão da lâmina para confirmar sua colposcopia com a citologia.
D
Fazer a aplicação de ácido tricloacético a 80% como tratamento da lesão citológica e colposcópica.
E
Fazer a excisão ampla da lesão do colo do útero por cirurgia de alta frequência.
Paciente chega ao ambulatório de referência encaminhado pela Unidade de Saúde com os seguintes exames : HbsAg – (+), AntiHBc total – (+), HbeAg – (-), AntiHBe – (+), antiHVA – (+), AntiHCV – (-), transaminases dentro dos limites normais. Assintomático. Analise as afirmativas abaixo: 1. O paciente é portador de Hepatite B com mutação pré-core. 2. O paciente é portador de Hepatite A considerando a presença do marcador AntiHAV positivo. 3. Deverá ser realizado a quantificação do HBVDNA por PCR, com a finalidade de avaliar a condição de portador ativo ou inativo. 4. Os exames apresentados são suficientes para definir a necessidade de tratamento imediato com antivirais, considerando a presença do HbsAg positivo.
Das seguintes afirmativas sobre baixo peso ao nascer (BPN), assinale a correta.
Um paciente de 15 anos tem múltiplos angiomas de retina e cistos de rins e pâncreas. Qual dos tumores do SNC abaixo relacionados é mais comum nesse caso?
É uma característica do líquor típico na neurotuberculose:
Compartilhar