Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Neurologia

Dermatologia

Paciente de 28 anos, sexo masculino, usuário de drogas ilícitas endovenosas e inalatórias desde os 14 anos de idade, tendo abandonado há 6 meses, apresenta quadro de cefaleia de início há 5 dias, que se acompanha de hemiparesia de hemicorpo direito e desvio de rima bucal para a esquerda. Refere, ainda, febre baixa não aferida. Na HPP informa sobre um exame para HIV positivo há 4 anos, sem confirmação. Ao exame, confirmamos a hemiparesia, sinais meníngeos negativos sem outras alterações, exceto adenomegalia cervical. Indique a alternativa correta:

A
A melhor conduta para o caso seria coleta de líquor por punção lombar.
B
Provavelmente a cefaleia e o quadro neurológico nada têm a ver com o HIV; a melhor HD seria de AVC isquêmico.
C
Solicitar nova sorologia para HIV e introduzir corticosteroides para tratar o edema cerebral.
D
Iniciar imediatamente tratamento para tuberculose de SNC.
E
Solicitar sorologia para HIV, dosagem de célula CD4, bem como tomografia de crânio com contraste para diagnóstico.
Um lactente de 2 meses é trazido por sua mãe para consulta de puericultura. Ele está bem e você verifica que as imunizações estão em dia, segundo o Programa Nacional de Imunizações. Que outra vacina deve ser sugerida para o lactente, seguindo as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria (2008)?
Num paciente com quadro de cetoacidose diabética, é correto afirmar:
Num paciente sabiamente portador de DPOC, que se apresenta com dispneia no serviço de emergência, qual a forma de observação de descompensação na gasimetria?
Nos pacientes graves com quadro de choque séptico, que nível mínimo de hemoglobina deve ser mantido?
Compartilhar