Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Reumatologia

Paciente de 30 anos, com história súbita de febre, fadiga, anorexia, perda de peso, dispneia, poliartralgia, lacrimejamento e fotofobia. O exame físico mostra placas e nódulos profundos e dolorosos à palpação em membros inferiores, linfoadenomegalias cervical, axilares e inguinais. A dosagem de ECA está elevada. Seu RX de tórax revela adenopatia hilar bilateral. A suspeita diagnóstica é de:

A
Amiloidose.
B
Sífilis.
C
Síndrome de Reiter.
D
Sarcoidose.
Em relação ao Antígeno Prostático Específico (PSA), é correto afirmar:
Qual é o sinal mais característico de insuficiência arterial crônica?
Um paciente com Doença Arterial Obstrutiva Crônica será submetido a um by-pass aortofemoral direito. Em relação a esse procedimento, considerando a classificação das cirurgias em relação à contaminação e à profilaxia antimicrobiana recomendada, é CORRETO afirmar que trata-se de uma:
Paciente feminino, com antecedente de megabexiga ao ultrassom morfológico, nasceu de 36 semanas e 3/7, Apgar 8/9. Evoluiu com vômitos biliosos precoces e retenção urinária. Foi submetida à ultrassom de rins e vias urinárias no primeiro dia de vida, o que confirmou bexiga de grandes proporções, paredes finas, sem hidronefrose associada. Com sonda vesical de demora, houve saída de urina em grande quantidade. Os vômitos cessaram após passagem de sonda orogástrica que foi mantida aberta. Como não evacuou até 36 horas de vida, foi feito estímulo retal, sem saída de fezes. O enema opaco evidenciou microcólon. Frente a esse caso, qual é o diagnóstico MAIS provável?
Compartilhar