Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Paciente de 32 anos, masculino, internado há 5 dias com dispneia por pneumonia da comunidade. Febre alta nos 2 primeiros dias e 1 pico de 38ºC há 48h. Atualmente: Consciente, frequência cardíaca de 76 por minuto, frequência respiratória de 18 por minuto, PA 110x60 mmHg, saturação 2 de 97% com ar ambiente e RX de tórax com infiltrado no 1/3 inferior do hemitórax esquerdo. Em situações como esta, qual seria a melhor conduta?

A
Manter o internamento até completar os 10 dias de antibiótico.
B
Mudar o esquema de antibiótico.
C
Alta hospitalar com antibiótico oral, ambulatorial.
D
Punção do hemitórax esquerdo para diagnóstico etiológico.
E
Transferir para UTI.
Referindo-se ao tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), indica-se oxigenoterapia contínua domiciliar quando o paciente tiver:
Em um paciente com taquicardia, hipotensão sintomática, sudorese, enchimento capilar lento e o eletrocardiograma mostrando fibrilação atrial com alta resposta, qual a melhor opção terapêutica?
Uma mulher, com 50 anos de idade e utilizando cumarínico, necessita de uma cirurgia em caráter de emergência. Qual a conduta adequada para neutralização imediata dos efeitos cumarínicos?
Homem com 22 anos procura atendimento por sentir dor no joelho direito. Refere que o quadro iniciou há 2 semanas, após uma partida de futebol, e informa uma sensação de instabilidade do membro inferior direito. A dor não se intensifica com a manobra da gaveta anterior. Qual a causa mais provável?
Compartilhar