Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 32 anos, nuligesta, chega ao consultório com relato de dor pélvica crônica desde os 25 anos. Refere ciclos menstruais de 25 dias de duração com 8 dias de sangramento de moderada intensidade. Dismenorreia, náuseas e vômitos são frequentes durante a menstruação. Existe melhora dos sintomas com contraceptivos orais, mas a paciente relata parada do uso há 2 anos. O exame físico da paciente é normal. O diagnóstico mais provável é:

A
Adenomiose.
B
Endometriose
C
Varizes pélvicas
D
DIP crônica
E
Síndrome do intestino irritável
Um paciente de 72 anos, com hipertensão arterial, insuficiência cardíaca compensada e doença pulmonar obstrutiva crônica moderada, tem agora diagnóstico de empiema pleural na sua fase organizada (crônica) em base do hemitórax anterolateral direito. Foi encaminhado por uma unidade de pronto atendimento para continuidade do tratamento. Neste caso, qual dos procedimentos abaixo deve ser indicado?
Um recém nascido de 7 dias é trazido pela mãe à consulta de caso novo. Ela conta que o pai está com tuberculose “ativa” e que iniciou tratamento há 1 semana. Dormem em um quarto único. O RN nasceu no interior de São Paulo e não tomou nenhuma vacina na maternidade. A medida mais eficaz para protegê-lo da tuberculose é:
Qual das manifestações está relacionada à complicação do sarampo?
No líquen escleroso vulvar é errado afirmar:
Compartilhar