Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Com relação à fibrilação atrial, assinale a alternativa INCORRETA:

A
Devido à ação inotrópica negativa dos betabloqueadores, eles devem ser evitados nos pacientes com fibrilação atrial.
B
Hipertireoidismo e intoxicação alcoólica aguda são causas bem definidas de fibrilação atrial.
C
Idade superior a 75 anos é um fator de risco para a ocorrência de AVC no paciente portador de fibrilação atrial.
D
Os bloqueadores do canal de cálcio verapamil e diltiazem podem ser utilizados para o controle da frequência cardíaca nos pacientes com fibrilação atrial.
E
A incidência da fibrilação atrial aumenta com a idade.
Muher, jovem, casada, desempregada, procura atendimento com relato de episódios de curta duração de palpitação, sudorese, tremores, dor torácica e sensação de opressão há 6 meses, numa frequência de 1 episódio por semana. Está preocupada, pois tem ficado com medo de morrer. Evita sair de causa por causa dessas crises, o que a dificulta procurar um emprego. Nega tristeza. Nega outras preocupações. Nega história de doenças crônicas. Nega uso regular de medicações. Nega uso de álcool, drogas ilícitas e tabaco. Exame físico sem alterações significativas. A conduta adequada para esse paciente é:
Um recém-nascido, pesando 4,5 kg na sala de parto, nascido de parto transvaginal, apresenta um reflexo de Moro assimétrico. Esse achado é compatível com:
No diagnóstico de sinusite na infância, em relação à Tomografia Computadorizada (TC), é correto afirmar que:
Paciente submetido a gastrectomia subtotal direita há 48 horas evoluiu com febre de 38,5°C e hemograma com leucócitos de 13000/mm³ e 3% de bastões. A causa mais provável da febre é:
Compartilhar