Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 38 anos, Gesta 5 para 4,4 partos normais, há 10 horas em trabalho de parto, apresenta-se com 8 cm de dilatação, colo médio e fino, apresentação cefálica no plano -3 de De Lee. Durante acompanhamento do trabalho de parto o obstetra constatou queda da frequência cárdio-fetal do tipo DIP-III e pequeno sangramento vaginal. Em relação aos dados clínicos apresentados, qual o provável diagnóstico?

A
Trabalho de parto normal.
B
Sofrimento fetal crônico.
C
Circular de cordão umbilical.
D
Distócia de colo.
Identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas; ( ) Os neuroblastomas são originados das simpatogônias, células indiferenciadas da crista neural; ( ) Aproximadamente 50% dos pacientes têm doença localizada ao diagnóstico; ( ) Os olhos de guaxinim (ou olhos de panda) não estão associados a tumor metastático; ( ) A cintilografia com MIBG (metaiodobenzilguanidina) é indicada para o diagnóstico de metástases ou do tumor primário; Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo.
O local mais comum de oclusão arterial aguda por êmbolo é:
Dentro da avaliação perioperatória, assinale a alternativa INCORRETA
Recém-nato, portador de Síndrome de Down e com história gestacional de polidrâmnio, apresentou às primeiras horas de vida vômitos biliosos, sem distensão abdominal. No segundo dia, encontrava-se ictérico, com persistência dos vômitos biliosos e, ao exame físico, eram visualizadas ondas peristálticas abdominais. Identificou-se sinal de dupla bolha ao RX de abdome simples. Qual é a conduta inicial recomendada nesse caso?
Compartilhar