Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Hematologia

Paciente de 40 anos, submetida há 2 anos à cirurgia de obesidade, refere perda de 35 kg nesse período. Não informa o tipo de cirurgia e não realizou acompanhamento pós-cirúrgico com a equipe que a operou. Vem à consulta com queixas de fraqueza muscular e sensação de parestesia de extremidades. Qual o diagnóstico mais provável?

A
Síndrome conversiva.
B
Deficiência de zinco.
C
Deficiência de cálcio.
D
Deficiência de vitamina B12.
E
Deficiência de ferro.
Homem de 50 anos com quadro de pirose retroesternal e regurgitação leve há 10 anos, com períodos de sintomatologia irregulares e uso intermitente de IBP. Há um ano houve agravamento do quadro clínico, com episódios de odinofagia e piora da pirose retroesternal. Na endoscopia EED de um mês, verificou-se: hérnia hiatal de 3 cm com erosões esparsas no terço distal do esôfago e Barrett de 2 cm; BEG, corado, IMC - 25 e sem comorbidades. Conduta:
Em qual dos tumores hepáticos abaixo relacionados, a conduta é cirúrgica?
Dos tumores pancreáticos, qual o que apresenta menor potencial de malignização?
Uma paciente de 74 anos foi admitida no setor de urgência de um hospital com dores de forte intensidade em região de coluna lombar, após ter caído sentada, da própria altura. O RX da coluna vertebral mostra rarefação óssea e em região de lombar, L4-L5, apresenta achatamento dessas vértebras. Menopausada aos 38 anos de idade, possui um IMC "menor que" 18 Kg/m². Nega outras doenças. Nesse caso, além da fratura em vértebras lombares, podemos afirmar que:
Compartilhar