Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hepatologia

Paciente de 42 anos, em acompanhamento médico por apresentar cirrose hepática de etiologia alcoólica diagnosticada por biopsia hepática realizada há oito meses. Retorna ao medico referindo diminuição da diurese e aumento do volume abdominal. O exame físico revela hepatomegalia, icterícia e ascite. Na investigação da ascite do paciente, o melhor exame para o diagnóstico de hipertensão portal é:

A
O gradiente de albumina soro-ascite maior que 1,1 g/dL
B
Ultrassonografia abdominal
C
Fosfatase alcalina e amilase séricas
D
Tomografia computadorizada do abdome
E
Biópsia hepática percutânea
Paciente masculino, 45 anos, não tabagista, sem comorbidades e sem fatores de risco adicionais para fenômenos tromboembólicos, será submetido à colectomia direita devido à adenocarcinoma de cólon ascendente. A respeito da tromboprofilaxia deste paciente, podemos afirmar, EXCETO:
Qual a etiologia de gastroenterite mais associada a crises convulsivas concomitantes?
Em relação à classificação de ferida cirúrgica de acordo com o grau de contaminação relacione a 2ª coluna de acordo com a 1ª e, após, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 1ª coluna: (1) Limpa. (2) Limpa-contaminada. (3) Contaminada. (4) Suja. 2ª coluna: ( ) Ferida cirúrgica com quebra de técnica asséptica ou contaminação grosseira por extravasamento do trato gastrointestinal. ( ) Colecistectomia. ( ) Herniorrafia inguinal. ( ) Feridas traumáticas envolvendo infecções clínicas existentes ou vísceras perfuradas.
Uma criança de 3 anos vinda de uma comunidade que não usa vacina em seus filhos, chega a emergência com breve história de dor de garganta, dor a deglutição, febre alta e estridor inspiratório, dando a impressão de toxemia, inclinando a cabeça para diante e não consegue deglutir as secreções. Qual a sua conduta:
Compartilhar