Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 42 anos GII PII realiza conização com diagnóstico histopatológico de Adenocarcinoma de colo uterino in situ com margens cirúrgicas livres. A melhor conduta terapêutica é:

A
Histerectomia
B
Controle citológico e colposcópico
C
cirurgia de Wertheim-Meigs
D
Radioterapia
E
Quimioterapia
A cirurgia de escolha para a reconstituição biliodigestiva, após a ressecação do cisto de colédoco, é a:
Um recém-nascido (RN) a termo (Idade Gestacional = 37 semanas), nascido de parto cesárea, Apgar 8 (1o min) e 9 (5o min) inicia logo após o nascimento com taquipneia (FR=80 rpm) e gemência. O RX de tórax mostra hiperinsuflação pulmonar, infiltrado peri-hilar simétrico e presença de líquido nas cisuras interlobares (cisurite). O RN recebe oxigenioterapia e apresenta resolução clínica do quadro em três dias. O diagnóstico provável é:
Paciente do sexo masculino, com duas horas de evolução de hemiparesia à direita, associada à afasia de expressão, previamente hipertenso, em uso de enalapril 10 mg ao dia e hidroclorotiazida 25 mg ao dia, nega dislipidemia ou diabetes. Ao exame, apresenta-se com P. A. = 160/98 mmHg, força muscular grau 4- à direita e disfasia de expressão. Assinale a alternativa que contém a correta conduta a ser tomada.
Um paciente vítima de trauma abdominal fechado em razão de um acidente automobilístico (colisão automóvel vs. anteparo) chega ao hospital em choque grau 3 e é levado imediatamente ao centro cirúrgico para tratamento. Na laparotomia evidencia-se uma lesão hepática grau 4 e, durante o ato operatório, observa-se que o paciente se apresenta em hipotermia, acidose e coagulopatia. Assinale a alternativa que apresenta a melhor conduta nesse caso. (MATTOX, F.; MOORE. Trauma. 4th ed. p. 907. 2000)
Compartilhar