Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Dermatologia

Paciente de 42 anos, sabidamente HIV positivo há 12 anos sem seguimento adequado, última consulta médica há 3 anos, apresenta quadro de tosse seca, intercalada com escarro branco, acompanhada de febre não muito elevada, dispneia e canseira aos esforços. No exame físico, paciente em REG taquidispneico FR 36 rpm FC 102 ipm, ausculta pulmonar MV rude e EC esparsos em ambos os hemitórax, RX de tórax infiltrado intersticial nas regiões peri hilares, Hemograma sem leucocitose ou desvio. LDH 1280 U/L. Indique a alternativa correta:

A
Provavelmente este paciente tem tuberculose pulmonar e deverá ser iniciado no esquema tríplice imediatamente.
B
Pelo quadro clínico, há forte suspeita de pneumonia por Pneumocystis cariini (jiroveci), e deve-se iniciar tratamento específico.
C
Deve tratar-se de infecção fúngica sistêmica, portanto deve-se iniciar fluconazol.
D
Deve ser citomegalovirus pulmonar, sendo necessário coleta de escarro para investigação.
E
Na dúvida da etiologia, colher exame de escarro e só iniciar tratamento após o resultado.
A opção que indica a associação da síndrome congênita com sua cardiopatia mais comum é:
Que alteração é frequentemente encontrada no exame de fundo de olho em paciente com pré-eclâmpsia?
Qual das manifestações do lúpus eritematoso sistêmico é indicada para uso de corticoides em dose imunossupressora?
Em relação às doenças ocupacionais, quais são as substâncias e os agentes causadores de aplasia medular?
Compartilhar