Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 45 anos e sem co-morbidades apresenta quadro clínico de sangramento uterino anormal há 40 dias, de forma intermitente e de média intensidade. Ao exame clínico geral apresenta palidez cutâneo- mucosa de 2+/4+, eupneica, com ritmo cardíaco regular, sopro holossistólico de 1+/6+ pressão arterial de 130x90mmHg e frequência cardíaca de 98 bpm. Ao exame pélvico apresenta útero de volume normal sangrando com eliminação de coágulos. A dosagem de hemoglobina é de 7,0g%. Diante deste quadro a conduta mais adequada é:

A
Realizar histerectomia de imediato dada a urgência do quadro clínico.
B
Administrar diariamente pílulas contraceptivas orais combinadas contendo 15 microgramas de estrogênio durante 1 semana.
C
Administrar por via oral estrogênios conjugados na dose de 2,5 mg de 6/6 horas por 24 a 48 horas e em seguida reduzir para metade a dose até a compensação hematológica.
D
Administrar pílulas contendo 0,35 mg de noretisterona diariamente por 5 dias.
"Fratura é uma ruptura na arquitetura normal do osso. Nas lesões pediátricas, as fraturas podem incluir uma lesão localizada na placa cartilaginosa de crescimento ou uma lesão através desta placa que pode não ser evidente radiologicamente". Sobre os tipos de fratura é correto afirmar:
Os extraordinários benefícios do aleitamento materno estão bem documentados sejam eles de ordem nutricional, afetiva, imunológica, cognitiva ou econômica. O uso de medicamento durante a lactação é uma prática muito frequente e uma causa importante de interrupção do aleitamento materno. Isso se deve basicamente à carência de informações sobre muitos fármacos. O desconhecimento e o desinteresse dos profissionais de saúde sobre o tema são citados na literatura como fatores que contribuem para o desmame. Em relação às interações entre fármacos e amamentação assinale a alternativa correta:
Menina de 18 meses de idade apresenta dor intensa no membro superior direito após ter sido bruscamente erguida pelo antebraço. Exame físico: dor à palpação, ausência de movimentos de flexão e manutenção do cotovelo em pronação. A hipótese diagnóstica mais provável para o caso é:
O RN de Antônia apresentou apneia ao nascer. Em relação ao procedimento em sala de parto, assinale a opção CORRETA.
Compartilhar