Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Hematologia

Reumatologia

Homem de 60 anos de idade, afro descendente, com queixa de dor lombar irradiada para o membro inferior esquerdo e perda da força muscular, fraqueza e fadiga. Há dois meses internado por pneumonia e tratado com recuperação. Exame físico: emagrecido, hipocorado (+++/+4), ausência de hepatoesplenomegalia. Exames complementares: 2,94 hemácias, Hg: 8,5 g%, ht: 27% com 3.400 leucócitos VHS 127 mm. Proteínas totais de 10g/dl, albumina de 4,8g/dl e globulinas de 5,2g/dl. Eletroforese de proteínas com lgG de 7g/dl.Uréia 138mg/dl e creatinina de 2,8 mg/dl. RMN da coluna com sinais de compressão medular. O paciente apresentou fratura patológica de úmero ao tomar postura para radiografia do tórax. Em relação a hipótese diagnóstica mas provável, qual a afirmação está INCORRETA:

A
Um exame indicado para o caso é o mielograma.
B
Podem ser encontradas lesões osteolíticas na radiologia.
C
A insuficiência renal tem como causa comum a hipercalcemia.
D
A calcemia e a fosfatase alcalina estão frequentemente elevadas.
E
Amiloidose é uma das complicações que pode produzir síndrome do túnel do carpo.
Quanto à anatomia patológica das fraturas do colo do fêmur, é CORRETO afirmar:
Um bebê de três semanas do sexo feminino apresenta-se ao Pronto-Socorro com vômitos, falta de apetite e diminuição da produção de urina durante as últimas 24 horas. O bebê provém de parto vaginal a termo, sem complicações perinatais. Ao exame, a criança aparece com hipotermia e desidratado, com fontanela deprimida, preenchimento capilar retardado, taquicardia e hipotensão moderada. O médico também observa clitoromegalia leve e hiperpigmentação da área genital. Exames iniciais revelam o seguinte: Na+ 129 mEq/L, K+ 6,8 mEq/L, Cl- 88 mEq/L. Ureia e creatinina estão dentro dos limites normais. Pressão liquórica à punção lombar e radiografia de tórax são normais. Hemograma, sumário de urina e bioquímica do liquor estão pendentes. Com base nestas informações, o exame mais apropriado para confirmação do diagnóstico é:
Homem de 45 anos, apresentando dor epigástrica há 48h, acompanhada de náuseas e vômitos, astenia severa e fadiga, petéquias, hipotensão e hipotermia, chega à emergência chocado. Como não há tempo suficiente para confirmar a suspeita clínica, o tratamento do choque deverá ser iniciado de imediato. Os exames mais importantes para o diagnóstico foram eosinofilia importante, cortisol normal, hiponatremia, hipoglicemia e hipercalemia. O diagnóstico mais provável é:
Em paciente com quadro clínico sugestivo de pneumonia adquirida na comunidade, o exame complementar indicado para confirmar o diagnóstico é:
Compartilhar