Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Paciente de 45 anos, referindo dispneia de esforço e síncope ao exercício. Exame físico: pulso radial de 80 bpm e digitiforme; PA = 100 x 70 mmHg; AC= RCR 3T(B4), sopro mesossistólico em borda esternal esquerda, que aumenta de intensidade com a posição supina e reduz com o acocoramento. Qual a etiologia?

A
Tetralogia de Fallot.
B
Estenose subaórtica tipo fixo.
C
Cardiomiopatia hipertrófica.
D
Prolapso valvar mitral.
E
Estenose aórtica.
Mulher de 68 anos com diagnóstico prévio de megaesôfago chagásico foi internada para tratamento de pneumonia aspirativa. Prescreveu-se: amoxicilina-clavulanato, 1500 mL de soro glicosado a 5% para hidratação venosa e dieta enteral padrão (1,2 Kcal/ml) a 80 mL/h, durante 24 horas. A paciente evoluiu bem nos primeiros dois dias, observando-se desaparecimento da febre e redução da frequência cardíaca e respiratória. No 3º dia, desenvolveu diarreia (quatro episódios/dia) e edema discreto de membros inferiores. Exames laboratoriais neste dia: glicemia = 188 mg/dL, níveis séricos da ureia = 23 mg/dL, sódio = 133 mEq/L, potássio = 2,7 mEq/L e fósforo = 1,2 mg/dL. Qual o diagnóstico mais provável?
Recém-nascido, parto normal, 38 semanas de gestação, poli-hidrâmnio, cianose importante, abdome escavado e dificuldade respiratória. Entubado na sala de parto, recebeu ventilação por pressão positiva, encaminhado à UTI necessitando de parâmetros ventilatórios altos e mantendo hipoxemia refratária. O quadro clínico acima sugere:
Qual das afirmativas abaixo apresenta apenas doenças com padrão exantemático agudo petequial?
Considerando um paciente adulto, grande e queimado, que dá entrada na UTI com cabeça e pescoço, tórax, dorso superior, e ambos os braços comprometidos, qual a porcentagem de área de superfície corporal queimada pela Regra dos Nove:
Compartilhar