Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Infectologia

Paciente de 46 anos, com insuficiência valvular aórtica moderada, deve fazer profilaxia para endocardite infeciosa, na seguinte situação:

A
limpeza profissional dentária.
B
implante de marca-passo.
C
cateterismo cardíaco.
D
parto cesáreo.
E
implante de prótese mamária.
Lactente, 8 meses de idade, iniciou com quadro de coriza, tosse seca e sibilância com piora progressiva. Havia dois irmãos com quadro de resfriado comum em casa. Foi internado em UTI pediátrica, ficando em ventilação assistida por 5 dias e teve alta em 20 dias, sem resolução completa do quadro. Persistiu com quadro de sibilância grave nos 2 meses subsequentes, com dificuldade de alimentação pelo desconforto respiratório e alguns vômitos pós-mamadas. Além de dificuldade para ganhar peso. Radiografia de tórax mostrava ausência de condensações, com algumas áreas de hiperinsuflação localizada. Antecedentes: dermatite atópica e história familiar de atopia. O diagnóstico é:
A síndrome nefrótica é uma patologia comum na infância e se caracteriza por proteinúria intensa, hipoalbuminemia, edema e hiperlipidemia. A sua principal complicação é a infecção e dentre as infecções, a MAIS COMUM é:
O principal agente etiológico da artrite séptica no lactente é:
NÃO é usado como sinônimo de Prolapso da Valva Mitral:
Compartilhar