Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Endocrinologia

Hematologia

Reumatologia

Paciente de 46 anos, sexo feminino, cor branca, com QDP - flatulência há mais de 10 anos, HDA - flatulência e sensação de distensão, algumas vezes associadas a períodos de fezes amolecidas, explosivas de 3 a 4 vezes ao dia, nega dor abdominal ou presença de produtos patológicos nas fezes. Antecedentes patológicos: lesões eritomatovesiculares em ambos os cotovelos, osteopenia diagnosticada há 4 anos e tratada, hipotireoidismo em tratamento, ciclo menstrual regular e habitual; antecedentes pessoais: anemia ferropriva há mais de 1 ano, tratada, história de atopia na infância; antecedentes familiares: mãe com câncer de mama. Exame físico: BEG, descorada +/4+ pele, presença de lesões populares em ambos cotovelos e demais exames sem particularidades; exames laboratoriais: Hb-10,7 leucócitos-7350 PCR- 2,3, teste de tolerância da glicose 86/94/87/84 lgA 4 AST e ALt normal, antiendomísio negativo colonoscopia normal, EDA- edema difuso das pregas duodenais com presença de pregas serrilhas. Qual a melhor conduta para o diagnóstico do caso?

A
Repetir o antendomísio em outro laboratório.
B
EDA com biópsia da 2°porção do duodeno.
C
Enteroscopia com biópsia de jejuno.
D
Dieta restrita de glúten, avaliar a resposta clínica.
E
Reposição de ferro e tratamento assintomático.
Em relação ao sopro inocente ou funcional, assinale a alternativa correta:
Fatores predisponentes para abscesso cerebral por via hematogênica são:
No tratamento da hipertensão arterial de um paciente com feocromocitoma, constitui-se uma medida adequada:
Homem de 32 anos inicia quadro de dor ventilatório-dependente no hipocôndrio direito, febre de 40°C com calafrios e prostração, com evolução de três dias. Negou doenças pré-existentes. Era recém-casado, com relato de viagem de lua de mel ao México, duas semanas antes. Ao exame físico, encontrava-se febril, com murmúrio vesicular reduzido na base direita e dor à percussão do hipocôndrio direito. Os exames complementares iniciais mostram leucocitose (20.650 cel/mm³ com 16% de bastões), aumento de fosfatase alcalina e gama-GT, além de pequeno derrame pleural direito à radiografia de tórax. Frente à sua principal hipótese diagnóstica, o próximo exame a ser solicitado será:
Compartilhar