Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 48 anos, casada, 2 filhos adolescentes vivos, agenda consulta com ginecologista em virtude de amenorreia que faz 8 meses. Assintomática, realizou recentemente check-up ginecológico e mamário que estavam normais. Não tem fatores de risco para tromboembolismo ou câncer. Qual a proposta para essa paciente?

A
Solicitar dosagem sérica de FSH e LH para confirmar menopausa e prescrever reposição hormonal a base de estrógeno.
B
Se a dosagem sérica de FSH e LH estiverem normais, prescrever apenas suplementação com cálcio.
C
Prescrever terapia de reposição hormonal combinada em virtude do efeito benéfico sobre a densidade óssea a perfil lipídico.
D
Prescrever isoflavonoides e cálcio.
E
Orientação de hábitos de vida saudáveis, estimulando atividade física e dieta com restrição de gordura animal e rica em cálcio.
Casal fértil, com dois filhos vivos, procura ginecologista para uma consulta de planejamento familiar. Segundo o casal, eles têm preferência por métodos de barreira. Caso o ginecologista escolha um método de barreira, qual poderia sugerir ao casal?
Em relação ao sangramento uterino disfuncional, está correto afirmar: I - o uso de análogos do GnRH reduz o sangramento uterino disfuncional, mas não é aceitável devido aos seus efeitos colaterais. II - o ácido tranexâmico parece ser a medicação que mais reduz o sangramento uterino disfuncional. III - hiperplasia de endométrio, síndrome dos ovários policísticos e pólipo endometrial são causas de sangramento uterino disfuncional.
Em relação à síndrome dos ovários policísticos, considere as assertivas: I - está associada a um aumento de risco para doença cardiovascular. II - a menarca costuma ser mais precoce e os ciclos menstruais irregulares. III - padrão gonadotrófico clássico, FSH aumentado com LH normal ou baixo. Marque a alternativa correta:
A suplementação de zinco, na fase aguda das gastroenterites em crianças, está indicada na seguinte situação:
Compartilhar