Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Infectologia

Hepatologia

Paciente de 50 anos, com cirrose pelo vírus da hepatite B, apresenta aumento do volume abdominal. Está ictérico, desorientado, desnutrido, com PA: 100 x 60 mmHg; FC: 90 bpm, ascite volumosa e edema de membros inferiores com cacifo de 4+. Avaliação laboratorial: Na+: 128 mEq/L; K+: 6,1 mEq/L; albumina: 2,2 g/dl; creatinina: 3,2 mg/dl; hemoglobina: 10,0 g/dl. Em relação ao líquido de ascite deste paciente, pode-se afirmar que:

Em relação às principais síndromes geriátricas, é correto afirmar, exceto:
André, 35 anos de idade, queixa-se de dor em região lombar direita há 2 semanas, com irradiação para membro inferior direito, sem alívio com paracetamol 500 mg. Ao exame, sente dor à palpação da musculatura paravertebral e da região lombar direita. Não apresenta alterações no exame neurológico. A conduta mais adequada é:
Uma mulher de 38 anos, com consumo diário de 400 a 600 ml de vodca, é acompanhada ambulatorialmente em programa contra alcoolismo. Apresenta elevação de enzimas hepáticas, sorologia para hepatites negativas e esteatose hepática ao ultrassom. É levada por familiares ao pronto-socorro com febre, icterícia, sonolência e períodos breves de confusão mental. Apresenta transaminases 2 vezes o valor normal, gama GT = 690 U/L, INR = 1,9 e leucocitose de 18.000/mm³, sem desvio à esquerda. Não há foco infeccioso evidente. Recomenda-se, por eficácia comprovada, o uso de:
Hérnia Interna pelo espaço de Petersen tem maior incidência após:
Compartilhar