Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Paciente de 50 anos de idade, tabagista 20 cigarros/dia, há 30 anos, é admitido com história de 3 dias de febre alta, tosse produtiva, expectoração amarela, dor torácica e dispneia progressiva. Ao exame, estava pálido, leve icterícia de mucosas, com batimentos de aletas nasais, frequência respiratória de 34 incursões por minuto, pressão arterial de 90 x 60 mmHg. RX de tórax mostra condensação alveolar em terço médio e superior de pulmão direito, hemograma com 18500 leucócitos com 7600 bastões, ureia de 60 (normal até 40), creatinina de 1,6, bilirrubinas de 3,5 mg%. Mesmo com hidratação vigorosa, a pressão arterial do paciente não se altera na emergência, e o mesmo é admitido na Unidade de Terapia Intensiva. Terapêutica mais adequada é:

A
Penicilina G + vancomicina.
B
Claritomicina + ceftriaxone.
C
Ceftriaxone + vancomicina.
D
Ciprofloxacina + cefepima.
E
Vancomicina + ciprofloxacina.
Comprometimento pulmonar grave é mais frequente em:
Assinale a alternativa incorreta:
Lactente de 12 meses, sexo masculino, apresenta subitamente hemartrose de joelho esquerdo. Pais negam febre, estado geral excelente e não há outras alterações ao exame físico. Qual exame complementar pode auxiliar no diagnóstico?
Joel, 35 anos, apresentou um episódio autolimitado de diarreia, surgindo, algumas semanas depois, um quadro de tetraparesia ascendente, associada com tetra-hiporreflexia, que o incapacitou progressivamente até colocá-lo em ventilação mecânica por 10 dias. Evoluiu com progressiva resolução do quadro motor. A associação CORRETA é:
Compartilhar