Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente de 50 anos tem diagnóstico de adenocarcinoma de pulmão pela broncoscopia (lesão vegetante em segmento anterior do lobo superior direito a mais de 2 cm da carina principal). Biópsia de linfonodo supraclavicular ipsilateral teve como diagnóstico: adenocarcinoma metastático para linfonodo. Tomografia computadorizada de tórax não evidencia outras alterações além da massa pulmonar, em lobo superior direito, de 3,5 cm em seu maior diâmetro. Tomografias computadorizadas de abdome e crânio sem implantes secundários. O melhor estadiamento (TNM) para este paciente é:

A
T2N3M0
B
T3N3M0
C
T2N2M0
D
T2N3M1
E
T3N3M1
Paciente com 42 anos de idade, com queixa de sangramento vaginal e dor pélvica, é atendida por um ótimo ginecologista. O médico, após examiná-la, relata à senhora que se trata de um mioma uterino, cuja porção se localiza na espessura da parede uterina, levando a pouca ou quase nenhuma deformidade das camadas externas e internas do útero. Nesse caso, a que tipo de mioma o ginecologista se refere?
A AIDS caracteriza-se por contagem de linfócitos T CD4+ abaixo de 200 células/mm³. Frequentemente está associada a doenças encontradas em pacientes com grave disfunção imune celular. A fase tardia da AIDS revela complicações infecciosas secundárias. Nessa classificação existe uma doença na mulher soropositiva indicadora de AIDS que é:
A ocorrência de quadro de choque hemorrágico durante o ciclo grávido puerperal é uma realidade. Conhecidas as mais importantes alterações fisiopatológicas presentes nos choques em geral, é de extrema utilidade conhecer os principais responsáveis (mediadores humorais) e as respectivas ações danosas suscitadas por sua liberação excessiva. Dado esse contexto, assinale a afirmação INCORRETA.
O Índice de Bishop avalia fatores determinantes para a progressão ou não do trabalho de parto, não estando incluído entre eles:
Compartilhar