Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Paciente de 50 anos vem apresentando quadro infeccioso e necrotizante em região genital e perineal, com grave quadro toxêmico há 48 horas. Assinale a alternativa incorreta.

A
A oxigenoterapia hiperbárica deve ser empregada como substituta para a terapêutica cirúrgica local.
B
O diagnóstico provável, para esse caso, é de uma fasciite necrotizante (Síndrome de Fournier).
C
A infecção ativa citocinas, como interleucinas, fatores de necrose tumoral e interferon gama ocorrendo trombose capilar com necrose da fáscia, do tecido celular subcutâneo e da pele.
D
A abordagem cirúrgica consiste em desbridamento amplo de todo o tecido desvitalizado.
E
A cobertura antibiótica deverá atingir bactérias gram-positivas, gram-negativas, aeróbias e anaeróbias.
Em relação à anemia falciforme, responda a afirmativa correta.
A complicação mais comum da tireoidectomia subtotal é:
Paciente feminina, 25 anos, apresenta-se com cefaleia, alteração do campo visual e amenorreia. Refere perda de peso, dor epigástrica e diarreia. Nos exames laboratoriais evidencia-se hipercalcemia. Qual o provável diagnóstico?
Considere um paciente em uso de candesartan, espironolactona, fenofibrato e amiodarona. A possibilidade de interação medicamentosa e/ou efeitos adversos deverá ser melhor investigada com o seguinte conjunto de exames:
Compartilhar