Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Paciente de 50 anos vem apresentando quadro infeccioso e necrotizante em região genital e perineal, com grave quadro toxêmico há 48 horas. Assinale a alternativa incorreta.

A
A oxigenoterapia hiperbárica deve ser empregada como substituta para a terapêutica cirúrgica local.
B
O diagnóstico provável, para esse caso, é de uma fasciite necrotizante (Síndrome de Fournier).
C
A infecção ativa citocinas, como interleucinas, fatores de necrose tumoral e interferon gama ocorrendo trombose capilar com necrose da fáscia, do tecido celular subcutâneo e da pele.
D
A abordagem cirúrgica consiste em desbridamento amplo de todo o tecido desvitalizado.
E
A cobertura antibiótica deverá atingir bactérias gram-positivas, gram-negativas, aeróbias e anaeróbias.
Durante a avaliação pré-operatória de uma paciente feminina de 32 anos de idade encontrou-se os seguintes resultados de exames: Tempo de protrombina: 13'; Tempo parcial de tromboplastina: 65’; Plaquetometria: 85000/mm³. Nesta circunstância devemos investigar:
Mulher de 18 anos apresenta quadro de anemia hemolítica. Pode-se afirmar que os exames solicitados devem mostrar, mais provavelmente,
Uma menina de 4 anos de idade apresenta-se com edema periorbitário no início da manhã. Sua albumina sérica é de 1,5 g/dl. O diagnóstico mais provável é:
Paciente no curso da 28ª semana de gestação, com sinais clínicos de trabalho de parto, colo dilatado para 3 cm, feto vivo, bolsa íntegra. Ela é portadora de miastenia gravis. Qual dos fármacos tocolíticos abaixo relacionados é contraindicado?
Compartilhar