Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Endocrinologia

Otorrinolaringologia

Cirurgia Pediátrica

Paciente de 52 anos procura atendimento médico, pois percebeu aumento do volume cervical à direita. Ao exame físico, o achado mais significativo é que a lesão move-se à deglutição. Qual a origem mais provável dessa lesão?

A
Gânglio linfático.
B
Glândula tireoide.
C
Glândula salivar.
D
Artéria carótida.
E
Trato tireoglosso.
O tratamento do choque consiste em restabelecer o balanço entre oferta e consumo de oxigênio. Deve-se garantir oxigenação e ventilação adequadas a todos os pacientes e infundir volume de forma agressiva. Se na fase de expansão volumétrica o paciente apresentar estertoração pulmonar, hepatomegalia e piora da taquicardia, o tipo de choque a se pensar é:
Masculino, 12 anos, há 48 horas com dor de garganta e febre de 39,3°C . Ao exame nota-se hiperemia intensa do orofaringe. O teste rápido para estreptococo foi negativo e a cultura do material obtido por swab orofaríngeo revelou crescimento de Streptococcus alfa-hemolítico. Relata ter apresentado angioedema quando usou fenoximetilpenicilina potássica há 2 anos. O paciente deve ser tratado com:
Quais alterações a criança com estenose hipertrófica do piloro apresenta?
No melanoma cutâneo, a pesquisa de linfonodo sentinela:
Compartilhar