Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 54 anos, casada, VII Gesta Para (6 partos normais), agenda consulta no ambulatório de ginecologia por sangramento genital persistente, que adquiriu odor fétido nos últimos 2 meses. Ao exame ginecológico especular, o colo uterino tinha anatomia alterada em virtude de lesão vegetante, sangrante ao toque da pinça de Cherron. Ao toque bimanual, o útero e ovários tinham volumes normais, esperados para a idade da paciente. Ao toque retal havia um abaulamento extrínseco anterior, e o paramétrio estava fortemente endurecido, com nodulações até a pelve óssea. Submetida à biópsia dirigida do colo uterino, o resultado foi de carcinoma epidermoide invasivo.

A
cirurgia de Wertheim-Meigs.
B
radioterapia pré-operatória e histerectomia total abdominal com linfadenectomia pélvica.
C
radioterapia com quimossensibilização.
D
quimioterapia neoadjuvante e histerectomia radical com colpectomia.
E
radioterapia exclusiva.
Marco, 8 anos, há 48 horas com febre, coriza, edema palpebral acentuado, associado a rubor, dor e calor das pálpebras superior e inferior esquerdas. O diagnóstico diferencial envolve celulite pré-septal e celulite orbitária. Assinale qual dos achados abaixo tornaria mais provável o diagnóstico de celulite orbitária:
Em pacientes portadores de aneurisma da aorta infrarrenal, qual tratamento cirúrgico está indicado?
O defeito fundamental da tetralogia de Fallot é o desvio anterosuperior do septo infundibular. A clínica do paciente é variável, desde uma criança sem cianose a outra com cianose importante. A alternativa associada a um paciente com cianose importante é:
De acordo com a anatomia zonal da próstata, de McNeal, qual é o sítio mais comum de adenocarcinoma de próstata?
Compartilhar