Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 54 anos, casada, VII Gesta Para (6 partos normais), agenda consulta no ambulatório de ginecologia por sangramento genital persistente, que adquiriu odor fétido nos últimos 2 meses. Ao exame ginecológico especular, o colo uterino tinha anatomia alterada em virtude de lesão vegetante, sangrante ao toque da pinça de Cherron. Ao toque bimanual, o útero e ovários tinham volumes normais, esperados para a idade da paciente. Ao toque retal havia um abaulamento extrínseco anterior, e o paramétrio estava fortemente endurecido, com nodulações até a pelve óssea. Submetida à biópsia dirigida do colo uterino, o resultado foi de carcinoma epidermoide invasivo.

A
cirurgia de Wertheim-Meigs.
B
radioterapia pré-operatória e histerectomia total abdominal com linfadenectomia pélvica.
C
radioterapia com quimossensibilização.
D
quimioterapia neoadjuvante e histerectomia radical com colpectomia.
E
radioterapia exclusiva.
Pré-escolar de três anos é levado ao pronto socorro por apresentar a terceira fratura em um ano, supostamente causada por ter caído de uma árvore. O pai é presidente de uma grande empresa. A mãe parece distraída, defensiva e desinteressada. O médico que atende a criança é também seu pediatra particular, e suspeita de maus-tratos, porém prefere discutir a situação no consultório, quando a família retornar para o acompanhamento clínico da criança. Em relação a esta conduta pode-se afirmar:
Homem, 23 anos, queixa-se de dor lombar súbita após esforço, há 2 horas. Exame físico: dor à palpação da musculatura paravertebral, reflexos osteotendinosos presentes e simétricos de MMII, sinal de Lasègue negativo. Além da analgesia, a conduta é:
São sinais de perigo ou gravidade nas pneumonias adquiridas na comunidade:
Paciente apresenta tamponamento cardíaco traumático, responde rapidamente à pericardiocentese e, durante a próxima hora no setor de emergência, permanece clinicamente estável e sem evidências de novo tamponamento. Qual deve ser a melhor abordagem para esse paciente?
Compartilhar