Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente de 58 anos, assintomática, 10 mamografias de rastreamento, cujo diagnóstico foi de B1-RADS 4C por area de 2 centímetros com microcalcificações pleomórficas retroareolar à esquerda. O exame-físico e ultrassom das mamas estavam normais. A paciente deve então ser orientada da seguinte forma:

A
seguimento semestral com mamografia por 3 anos das microcalcificações.
B
mamotomia guiada por mamografia.
C
punção percutânea com agulha fina (PAAF) das microcalcificações da mama esquerda.
D
realizar ressonância magnética das mamas.
E
core biopsy guiada por ultrassom da região retroareolar de mama esquerda.
A síndrome parkinsoniana caracteriza-se pelos seguintes sinais e sintomas, exceto:
A sífilis congênita ainda é um problema de saúde pública no país. Resulta da transmissão transplacentária do Treponema pallidum da gestante infectada não tratada ou inadequadamente tratada para seu concepto. Com relação a essa doença, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) A sífilis congênita precoce manifesta-se nos dois primeiros anos de vida, mas é mais evidente até a quinta semana. ( ) São características da sífilis congênita precoce: rinite sero-sanguinolenta, osteíte, choro ao manuseio, coriorretinite. ( ) A sífilis congênita tardia aparece após os 2 primeiros anos de vida do infectado e corresponde ao terciarismo do adulto. ( ) São características da sífilis congênita tardia: coriorretinite em sal e pimenta, condiloma plano, fronte olímpica, pseudoparalisia de Parrot. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
Mulher de 20 anos com história de amenorreia de 7 semanas, bHCG 400 m UI na 5ª semana, deu entrada na maternidade do HUGG com quadro de perda sanguinea vaginal de pequena monta associada a dor em baixo ventre. Foi solicitado ultrassom transvaginal que mostrou endométrio espesso com cerca de 12 mm associado a presença de material amorfo em anexo direito com cerca de 20 mm apresentando intenso fluxo sanguineo ao Doppler. Na internação o bHCG sanguineo foi 300 m UI. Seu diagnóstico provável e conduta mais apropriada:
Escolar de 7 anos de idade, sexo masculino, com história de há 3 semanas apresentar piodermite, é atendido em uma emergência por apresentar edema nos pés e região pré-tibial, oligúria e hematúria macroscópica. Ao exame constatou-se hipertensão arterial. Diante do quadro a opção que melhor correlaciona diagnóstico com resultado laboratorial é:
Compartilhar