Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hepatologia

Paciente de 59 anos, masculino, com aumento do volume abdominal procura pela primeira vez atendimento médico. Apresenta aumento lento e progressivo do volume abdominal há dois meses, associado à fadiga. Ao exame físico, o paciente encontra-se emagrecido, ictérico +/4, com aumento do volume abdominal e sinal de Piparotte positivo. Em relação à ascite que ocorre nesse caso, está INCORRETO afirmar que:

A
A paracentese, além de confirmar a presença da ascite, é a grande arma para diagnosticar a causa básica do derrame peritoneal.
B
A probabilidade de peritonite bacteriana espontânea aumenta quando a dosagem de proteína do líquido ascítico for maior que 1,0g/dL.
C
O gradiente soro-ascite da albumina > 1, 1g/dL sugere hipertensão portal.
D
O principal mecanismo de formação da ascite é a retenção de sódio e água pelos rins, associado à hipoalbuminemia e à hipertensão portal.
E
O início insidioso da ascite, sem fatores precipitantes, indica pior prognóstico.
A doença hemorroidária é uma das afecções anorretais mais comuns no mundo, com tratamento cirúrgico necessário em cerca de 20% dos pacientes sintomáticos. Quanto à doença hemorroidária e seu tratamento, assinale a alternativa ERRADA:
O diagnóstico diferencial de hérnia umbilical se faz com as diversas afecções a seguir, EXCETO:
Amanda, 37 anos, iniciou com cefaleia hemicraniana direita de forte intensidade associada a sinais disautonômicos. Dura cerca de 1 hora e pode recorrer durante o dia. Boa resposta à Indometacina. A principal hipótese diagnóstica é:
Nas novas diretrizes da reanimação cardiorrespiratória da criança (2015) podemos afirmar que:
Compartilhar