Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Paciente de 6 anos, do sexo masculino, chega à Urgência por ter apresentado crise-convulsiva tônico-generalizada. No exame físico, ao realizar a inspeção, percebem-se lesões de impetigo nos membros inferiores, com algumas em fase de cicatrização; palidez cutâneo-mucosa (++/++++) e que o mesmo encontra-se sonolento, porém bastante irritado quando manuseado. Qual a atitude prioritária que se deve realizar neste momento?

A
Solicitar coleta de LCR de imediato.
B
Avaliar temperatura corpora.
C
Aferir pressão arterial.
D
Avaliar glicemia e ionograma.
Homem, 28a, com sepse de origem abdominal, está em ventilação mecânica por meio de cânula orotraqueal. Após punção de veia jugular interna direita para introdução de cateter central, evoluiu com aumento da pressão intratorácica e saturação periférica de O ?= 70%, sem alterações hemodinâmicas. Ausculta pulmonar: ausência de murmúrio vesicular à esquerda. A HIPÓTESE DIAGNÓSTICA E A CONDUTA SÃO:
ID: Duas crianças estão sendo submetidas à traqueostomia. Criança A: é portadora de acúmulo de secreção na traqueia e brônquio. Ao abrir a traqueia ocorre edema agudo de pulmão. Criança B: é portadora de hipoventilação alveolar. Ao abrir a traqueia ocorre parada cardíaca. Estes acidentes ocorreram porque o:
São causas de hiperbilirrubinemia com aumento de bilirrubina direta:
Lactente de cinco meses, portador de tetralogia de Fallot, apresenta ao acordar, quadro de agitação, choro inconsolável, taquipneia ecianose intensa e progressiva, evoluindo com síncope. Durante estas ''crises'', a conduta terapêutica tem como principal objetivo:
Compartilhar