Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Paciente de 62 anos apresenta emagrecimento e epigastralgia. A Endoscopia Digestiva Alta demonstrou tumoração em fundo gástrico de aspecto neoplásico, a qual foi à biópsiada. Assinale a alternativa correta.

A
Confirmada a hipótese de adenocarcicoma, deve-se solicitar CEA, CA 19.9 e CA 72.4, uma vez que a associação destes 3 marcadores tumorais oferece maior sensibilidade e especificidade do que a dosagem isolada de CEA.
B
Não há possibilidade de tratamento curativo por ressecção local do adenocarcinoma gástrico.
C
A ressecção dos linfonodos do 1º grupo (D1) é suficiente para o tratamento do adenocarcinoma gástrico, pois não há evidencias de que a dissecção D2 ofereça maior sobrevida.
D
Devido à localização do tumor, confirmando-se adenocarcinoma, devemos realizar gastrectomia total com esplenectomia e pancreatectomia caudal.
E
A Ecoendoscopia pode contribuir no estadiamento do adenocarcicoma gástrico.
Uma menina de 4 anos de idade apresenta-se com edema periorbitário no início da manhã. Sua albumina sérica é de 1,5 g/dl. O diagnóstico mais provável é:
Paciente no curso da 28ª semana de gestação, com sinais clínicos de trabalho de parto, colo dilatado para 3 cm, feto vivo, bolsa íntegra. Ela é portadora de miastenia gravis. Qual dos fármacos tocolíticos abaixo relacionados é contraindicado?
Gestante com 20 semanas de gestação vem à consulta rotineira de pré-natal mostrar os primeiros exames realizados como apresentado a seguir. Nega qualquer queixa no momento. Hemoglobina = 13,2 Hematócrito = 35 Leucócitos 9000 diferencial sem alterações; VDRL não reagente; Anti-HIV não reagente; HBsAg não reagente; Glicose 78; Anticorpos para Toxoplasmose IgG e IgM não reagentes; EQU: Leucócitos 3/campo e hemácias 2/campo; Urocultura: E coli > 100.000 Qual a melhor conduta diante destes resultados?
Paciente feminina, 35 anos de idade, casada, gestante, chega à emergência obstétrica com queixas de sangramento vaginal e dor pélvica. Refere estar em acompanhamento pré-natal. Ecografia obstétrica registrada na carteira da gestante, realizada há 5 dias, refere gestação única, com idade gestacional de 12 semanas. Ao exame físico, apresenta sangramento vaginal e colo aberto e sem presença de batimentos cardíacos fetais (BCFs). Em relação ao caso clínico, qual o principal diagnóstico e a conduta mais adequada?
Compartilhar