Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Paciente de 62 anos de idade, sexo feminino apresentou prurido intenso na região perianal há seis meses. Procurou o serviço público de saúde não sendo atendida por diversas vezes. No momento, refere hematoquesia de repetição e dor na região perineal com perdas espontâneas de fezes nas vestes. Ao exame físico, encontramos extensa lesão ulcero-infiltrativa do canal anal e incontinência fecal e o laudo histopatológico confirmou carcinoma espinocelular. A melhor conduta, neste caso, é:

A
amputação abdomino-perineal do reto.
B
curativos compressivos com antibióticos tópicos.
C
radioterapia, quimioterapia.
D
colostomia, radioterapia, quimioterapia.
E
quimioterapia.
A ruptura espontânea do esôfago, descrita pela primeira vez em 1724, é causada por aumento súbito na pressão intra-abdominal e em geral é secundária a vômitos em cerca de 80% dos casos. Pode-se diagnosticar como: (COELHO, J. C. U. Aparelho digestivo: clinica e cirurgia, 1996)
A vacinação para rubéola em homens jovens adultos, desencadeada pelo Ministério da Saúde para adultos, visou basicamente:
Um lactente de 10 meses de idade apresentando tosse há mais de cinco dias e febre nos dos primeiros dias do quadro, é atendido na emergência com FC=170 bpm e FR=52 irpm, temperatura de 37ºC, prostrado com taquidispneia, rítmo de galope, diminuição da intensidade das bulhas cardíacas e hepatomegalia. Baseada no relato, responda:
Um homem sadio, de 26 anos de idade, após retornar de viagem, apresenta faringite, cefaleia e febre. No dia seguinte surgem: dor torácica pleurítica na base do hemitórax direito, tosse produtiva com escarro ora claro, ora com hemoptoicos e dispneia. Atendido no pronto-socorro encontra-se taquipneico, o exame físico do tórax revela estertores na base direita e na região infraclavicular esquerda, além de roncos e sibilos esparsos bilaterais removíveis com a tosse; há macicez à percussão e FTV aumentado na base direita, o paciente se encontra febril, sudoreico e inquieto, a pressão arterial é 100 x 70 mmHg e há taquicardia com 110 bpm. A saturação periférica de oxigênio medida no oxímetro de pulso em ar ambiente é de 92% e o radiograma torácico revela opacidades alveolares com broncograma aéreo na metade inferior do pulmão direito e no terço superior esquerdo. Qual a melhor conduta a ser adotada no pronto-socorro?
Compartilhar