Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Paciente de 63 anos, sexo masculino, negro, vem apresentando cansaço, fraqueza aos médios esforços há mais ou menos 2 meses. Relata também tonturas e zumbido no ouvido há 1 mês e dores ósseas intensas no braço direito. Refere ter ficado internado devido à pneumonia há 2 semanas. Refere diminuição do volume urinário e presença de urina espumosa. Ao exame físico, o paciente encontra-se descorado ++/4+, anictérico, PA = 140 x 90 mmHg FC = 110 bpm. Ausculta cardíaca: RCR2T com sopro sistólico panfocal. Ausculta respiratória: MV + bilateralmente com ESC bibasais. Abdome: sem visceromegalias, RHA+ e normais. Extremidade: Edema ++/4+ com cacifo. Exames laboratoriais: Hemograma - Hb = 7,0 g HT = 21% VCM 85 u³. Leucócitos = 3.500-0-0-2-60-1-0-35-2 Plaquetas = 30.000/mm³, Ureia = 90 mg/%, Creatinina = 2,2 mg% PT = 7,0 alb = 2,8 Globulina = 5,0 (até 3,5), Bilirrubinas normais, IST = 45%, Cálcio = 12 mg/%, Ferritina = 400 ug/l, VHS = 120 mm³ e Beta 2 microglobulina aumentada. USG Renal - Rins de tamanho aumentado. Raio X de Esqueleto - Lesões osteolíticas em calota craniana e em fêmur esquerdo. Com referência ao paciente acima, pergunta-se: Qual é o diagnóstico provável? Qual é o exame que poderá comprová-lo?

A
Leucemia Mieloide Crônica e rearranjo BCR/ABL.
B
Leucemia Linfoide Aguda e imunofenotipagem de sangue medula.
C
Leucemia Mieloide Aguda e estudo citogenético.
D
Mieloma Múltiplo e Eletroforese de Proteínas com imunofixação.
E
Mieloma Múltiplo e Proteinúria de Bence Jones.
Mulher de 46 anos é levada à emergência com dor importante de início súbito, em membro inferior esquerdo e com anestesia na maior parte do pé. História anterior compatível com claudicação intermitente. Usuária de anticoncepcional oral, fumante, sem pulsos distais, com diminuição de temperatura de extremidade e palidez. O diagnóstico mais provável é:
O Polidrâmnio pode ser secundário à:
Mulher, 24 anos de idade, estava na moto e foi atropelada por um ônibus. Foi trazida à emergência inconsciente, intubada (sonda nasotraqueal) e em ventilação assistida. FC de 140 bpm e PA de 80/40 mmHg. Após administração de 2.000 ml de solução cristaloide, não houve melhora significativa dos parâmetros hemodinâmicos. As próximas medidas para investigação e tratamento da hipotensão são:
Hematoma retroperitoneal na zona II está associado MAIS PROVAVELMENTE a:
Compartilhar