Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Paciente de 66 anos previamente hipertensa e tabagista apresenta-se no serviço de emergência com febre e tosse produtiva há 2 dias. Ao exame, está prostrada, com PA 98/64 mmHg, FC 130 bpm, FR 32 mrpm e T 38,7 ºC. Apresenta ritmo cardíaco regular sem sopro e ausculta pulmonar com roncos e estertores crepitantes em base E. Abdome flácido, indolor, sem alterações e com edema +/IV bilateral em membros inferiores. Hemograma demonstra 22.540 leucócitos com 24% de bastonetes. Com apenas esses dados, qual a melhor definição para o quadro?

A
Síndrome da resposta inflamatória sistêmica.
B
Infecção pulmonar.
C
Sepse pulmonar.
D
Sepse pulmonar grave.
E
Choque séptico de foco pulmonar.
A doença de Wilson advém de um erro inato do metabolismo, cuja principal consequência é o acúmulo de quantidades tóxicas de um determinado metal no fígado, cérebro, córnea e rins. A doença tem sido descrita em todas as raças, sendo particularmente mais comum em japoneses e judeus e nos povos com alto grau de consanguinidade. A herança é autossômica recessiva e sua prevalência é de 1:30.000 nascidos vivos. A que metal o texto se refere?
O escore utilizado para se avaliar o grau de dependência nicotínica de uma pessoa tabagista se chama:
Consideramos contratransferência:
Em relação às bases morfofuncionais do aparelho da visão, analise as afirmativas abaixo. I - O olho, da mesma maneira que o encéfalo, é derivado do tubo neural, com origem neuroectodérmica. II - A córnea é uma estrutura vascularizada. III - A esclera é formada por tecido conjuntivo denso e corresponde ao branco do olho. IV - A íris é responsável pela cor dos olhos. Está correto o que se afirma em :
Compartilhar