Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Dermatologia

Paciente de 70 anos, fumante, com queixas de pirose epigástrica intermitente há 10 anos; diabético e hipertenso. Endoscopia EED: lesão de 5 mm, irregular no esôfago distal com restante da mucosa esofágica normal, cárdia incontinente e sem hérnia hiatal; pangastrite leve e H. pylori negativo. Anatomopatológico da lesão esofágica: carcinoma espinocelular superficial. Ecoendoscopia: lesão restrita à mucosa. Tomografia Computadorizada de Tórax e Abdome normal. Conduta:

A
Esofagectomia subtotal trans-hiatal e esofagastroplastia.
B
Esofagectomia distal com anastomose esofagogástrica.
C
Radioterapia.
D
Esofagectomia subtotal em três campos e esofagogastroplastia.
E
Ablação endoscópica e confirmação anatomopatológica.
Lactente de 45 dias é atendido no pronto-socorro com quadro de bronquiolite viral aguda. Mãe relata prematuridade de 35 semanas, AIG, não necessitando de cuidados ventilatórios. Exame físico: regular estado geral, dispneica, FR: 72 irpm, sem tiragem ou batimento de aletas nasais, MV presente e diminuído universalmente, com sibilos esparsos. Exames complementares: saturação de O? de 95% em repouso; RX de tórax: pulmões hiperinsuflados com reforço da trama broncovascular. O pediatra assistente decide pela internação hospitalar. As alterações clínicas ou laboratoriais que determinaram essa decisão foram:
Conforme o Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, na Portaria Conjunta Nº 125, de 29 de março de 2009, que define as ações de controle da hanseníase, em relação às recomendações sobre o uso da vacina BCG (Bacilo de Calmette-Guërin) para os contatos intradomiciliares de hanseníase, entre as alternativas abaixo, assinale a alternativa CORRETA:
Paciente feminina, 46 anos, queixa-se de dor anal de fraca intensidade, iniciada repentinamente há três semanas depois de uma evacuação de fezes endurecidas, acompanhada de sangramento vivo. A inspeção do ânus da paciente é identificada fissura anal profunda, com bordos elevados, estendendo-se da borda anal até o canal anal superior, em quadrante lateral direito. Qual das alternativas abaixo não faz parte dos diagnósticos diferenciais deste caso:
Qual das alternativas abaixo referente aos fios de sutura cirúrgica contém uma afirmativa errada?
Compartilhar