Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Hepatologia

Paciente de 70 anos, portador de litíase biliar, apresenta dor abdominal, febre e icterícia. Ao exame, encontra-se confuso e hipotenso, e detecta-se leucocitose com desvio à esquerda, elevação de bilirrubinas, fosfatase alcalina, gamaglutamiltransferase e de transaminases. Com achado ultrassonográfico de dilatação de vias biliares intra e extra-hepáticas, é certo afirmar que:

A
a drenagem biliar por laparotomia deve ser realizada imediatamente.
B
a antibioticoterapia deve cobrir Gram-negativos, anaeróbios, além de S. aureus
C
a presença da pêntade de Reynold sugere abscesso hepático.
D
a colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE ou PCRE) deve ser indicada após exames diagnósticos não invasivos.
E
a colangiorressonância não deve ser realizada na presença de insuficiência renal aguda.
No que diz respeito aos divertículos do intestino delgado, julgue o item subsecutivo. O divertículo de Meckel é uma estrutura remanescente do úraco que se oblitera na décima semana de vida intrauterina.
Você atende no ambulatório mulher de 32 anos com queixa de queimação epigástrica e plenitude pós-prandial. Não há história de uso recente de quaisquer medicações e o exame físico é normal. Para avaliar doença ulcerosa péptica nessa paciente, qual dos testes abaixo deve ser solicitado?
São causas de eosinofilia, EXCETO:
Nos pacientes com obstrução intestinal proximal, a ocorrência de vômitos intensos pode acarretar algumas alterações metabólicas. Aponte a opção que as congrega:
Compartilhar