Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Paciente de 73 anos internou no hospital escola com quadro de pancreatite aguda. Depois das medidas clínicas preliminares, foi submetido a exames de sangue e imagem. A tomografia mostrou pâncreas de limites heterogêneos com borramento da gordura peripancreática. A amilase estava na ordem de 2000 UI/dl. Após melhora importante do quadro clínico, doze dias depois do internamento, a amilase permanecia alterada, na ordem de 1200 UI/dl. Qual das alternativas abaixo contempla a principal suspeita diagnóstica neste paciente, neste último momento?

A
recidiva da pancreatite aguda
B
pancreatite crônica
C
pseudocisto de pâncreas
D
abscesso pancreático
E
fístula pancreatojejunal
Nasce bebê de 34 semanas por cesariana de urgência por DPP. Ao exame, está hipotônico e sem movimentos respiratórios. É colocado em berço aquecido, posicionado, aspirado e secado. Em relação ao atendimento a lhe ser prestado, são apresentadas as seguintes assertivas: I. Após 30 segundos do nascimento, se permanecer em apneia, usa-se adrenalina intra tubo traqueal. II. Oxigênio a 21% na reanimação inicial pode ser tão efetivo quanto oxigênio a 100%, mas com menores riscos da hiperóxia. III. Se a FC permanecer abaixo de 60 bpm após a ventilação, deve-se começar as compressões torácicas na proporção de 5 para cada ventilação. Qual é a alternativa correta?
Com relação à alfafetoproteína, podemos afirmar que:
O escore de Apgar é um bom método para avaliação do recém-nascido na sala de parto e pode ser um bom auxiliar na identificação das crianças que necessitam de medidas de ressuscitação. Das opções abaixo, aquela que está relacionada com os cuidados de rotina no atendimento de bebês na sala de parto é:
Menina de cinco anos, infectada pelo HIV através de transmissão vertical, está em uso muito irregular de terapia antirretroviral. Apresenta quadro de tosse crônica, baqueteamento digital e aumento crônico de parótidas. A radiografia de tórax mostra infiltrado reticulonodular difuso e adenopatia hilar. O diagnóstico mais provável e a doença que deve ser obrigatoriamente excluída são, respectivamente:
Compartilhar