Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Paciente de 75 anos é internado com obstrução intestinal e diagnóstico etiológico de neoplasia maligna de cólon ao nível do ângulo esplênico. Seu estado geral encontra-se bastante comprometido. A cirurgia de urgência a ser realizada é do tipo:

A
cirurgia de Hartmann
B
colectomia esquerda com anastomose primária
C
colectomia total com ileorrectoanastomose
D
transversostomia descompressiva
E
jejunostomia descompressiva
Paciente de 26 anos de idade, previamente hígido, com história de cólica renal recorrente e refratária há 4 dias, sem febre e diagnóstico de cálculo de 0,7 cm localizado no ureter distal esquerdo com hidronefrose acentuada associada. Na tomografia computadorizada de abdome apresenta borramento da gordura perirrenal ipsilateral e o cálculo tem densidade de 1.200 U.H. Qual o tratamento preferencial para esse paciente?
Mulher de 55 anos de idade, tabagista, sem outras comorbidades, foi submetida à exame de ultrassonografia de rotina a pedido de seu ginecologista. O resultado do exame mostrou que a parte ginecológica estava normal, porém, foi encontrada dilatação aneurismática fusiforme da aorta abdominal de 6,2 cm abaixo das artérias renais e acima das artérias ilíacas. A paciente, que nega qualquer sintomatologia abdominal recente, foi encaminhada para avaliação com cirurgião vascular. Qual a conduta correta diante desse achado?
A causa mais comum de obstrução intestinal no paciente pediátrico é:
O teste do coraçãozinho é obrigatório em todos os pacientes do SUS, tendo grande importância na triagem neonatal de cardiopatias congênitas críticas dependente de canal arterial. É CORRETO afirmar:
Compartilhar