Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Paciente de 75 anos, sexo masculino, procurou serviço médico por estar apresentando uma discreta fraqueza há 6 meses, sem outras queixas. No exame físico, apresentava-se descorado +/4+, fígado palpável a 3 cm do RCD e baço palpável a 13 cm do RCE sem outros achados. Exames laboratoriais: Hemograma com Hb 10,0 g/dl HT=30% VCM=87 u³. Leucócitos de 3.000-0-0-3-60-2-0-33-2, Plaquetas 550.000/mm³. Função Renal e Hepática normal. Ácido Úrico=11,0. Endoscopia Digestiva Alta dentro da normalidade. USG de Abdômem presença de esplenomegalia maciça. Mielograma com medula hipocelular com dificuldade na punção. Biópsia de medula óssea: hipercelular, com proliferação megacariocítica, com fibras reticulínicas. Estudo citogenético-ausência de translocação 9;22. O quadro clínico acima sugere Mielofibrose Idiopática. Qual das assertivas abaixo auxiliaria no diagnóstico?

A
Presença da mutação da JAK 2.
B
Presença do rearranjo BCR/ABL.
C
CD55 e CD 59 diminuidos.
D
Translocação (15;17).
E
Inversão do cromossomo16.
Gestante de 1° trimestre foi inadvertidamente vacinada contra rubéola. Qual a conduta?
Julgue os itens abaixo, a respeito do hantavírus: I. É uma virose emergente, de muita gravidade. II. O homem se infecta pela inalação de aerossóis gerados por secreções corpóreas de roedores. III. A síndrome pulmonar do hantavírus é de alta letalidade, caracterizada por um aumento de permeabilidade capilar. IV. O homem infectado pode apresentar febre hemorrágica com síndrome renal. V. O reservatório do vírus são os roedores do campo que invadem as casas durante o inverno e na época da colheita. A quantidade de itens certos é igual a:
Em qual das situações abaixo a fórmula de Friedewald para cálculo do LDL é imprecisa, segundo a IV Diretriz Brasileira Sobre Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia?
Homem, 22 anos, sofre ferimento por projétil de arma de fogo em região glútea esquerda. Não há dor abdominal nem hematúria e os sinais vitais estão estáveis. Não apresenta orifício de saída. O radiograma simples de abdome mostra o projétil na pelve à direita. Qual o melhor método para investigar eventual lesão do reto neste caso?
Compartilhar