Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Paciente do sexo feminino, 25 anos, iniciou há 6 meses com ptose palpebral direita com piora no final de tarde. Há 4 meses, dificuldade para subir escadas. Há 1 semana, durante infecção de vias aéreas superiores, evoluiu para disfagia e dispneia. Foi realizado diagnóstico de miastenia gravis. Sobre essa paciente, assinale a alternativa INCORRETA.

A
A droga de escolha para o tratamento na fase inicial foi o cloreto de edrofônio (2 mg + 8 mg IV).
B
O teste de estimulação nervosa repetitiva a 3 Hz mostrou decremento maior que 15% em nervos ulnar, facial e acessório.
C
Os reflexos profundos estavam normais.
D
Drogas como gentamicina, diazepênicos e relaxantes musculares devem ser evitadas nessa paciente.
E
Foi realizado tratamento com imunoglobulina intravenosa na dosagem 400 mg/kg/dia por 5 dias.
Peri, 35 anos, é atendido pelo GSE em via pública, após acidente automobilístico. Está alcoolizado, apresenta trauma torácico, com desconforto respiratório e hipotensão (PA 90/60 mmHg), que responde a infusão de cristaloides; FC 100 bpm, FR 28 irpm. Submetido a cateterismo vesical que dá saída a 50 ml de urina sanguinolenta, à ultrassonografia abdominal que revela moderada quantidade de líquido livre na cavidade peritoneal; à radiografia de tórax com hipotransparência difusa em hemitórax esquerdo. O procedimento a ser realizado no tórax é:
São os três tipos mais frequentes, em ordem decrescente, de atresias do esôfago:
Marque a alternativa FALSA sobre a fisiologia do ciclo menstrual.
Paciente de 44 anos, com antecedente de trauma craniano há três semanas, evoluindo em coma, apresenta tosse irritativa frequente. Foi submetido à traqueostomia há 18 dias. Na necessidade de trocar a cânula da traqueostomia, no momento em que o balonete da cânula foi desinflado, ocorreu importante sangramento pelo traqueostoma. A conduta terapêutica adequada à situação é:
Compartilhar