Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Paciente do sexo feminino, 29 anos. Há 5 anos, diagnóstico clínico e neurofisiológico de miastenia gravis, porém com anticorpo antirreceptor de acetilcolina negativo. Evoluiu com dificuldade de controle com tratamento medicamentoso. Submetida a timectomia, sem melhora dos sintomas. Houve melhora dos sintomas após a realização de 5 sessões de plasmaférese. Sobre esse caso, é correto afirmar:

A
Houve erro no diagnóstico: a paciente apresenta outra doença.
B
Provavelmente essa paciente tem anticorpos anti-MuSK.
C
A plasmaférese é o tratamento de escolha na fase inicial de todos os pacientes com miastenia gravis.
D
O tratamento com interferon B1a pode ser uma opção nesse caso.
E
A timectomia somente deve ser realizada nos casos de timoma.
Criança nascida de parto a termo, sem intercorrências, apresenta-se com cianose refratária ao uso de 02 com Fi02 a 100%. Dentre os achados clínicos, observa-se sopro cardíaco sistólico, com padrão de sobrecarga cardíaca esquerda e hemibloqueio anterior esquerdo. No RX há padrão de hipofluxo. Com os dados acima, qual a cardiopatia mais provável?
Sobre Convulsão Febril (CF) são Verdadeiras (V) ou Falsas (F) as afirmativas abaixo: ( ) A história familiar constitui fator de risco tanto para as recorrências das CFs quanto para o desenvolvimento de epilepsia; ( ) Para a maioria dos pacientes o tratamento profilático é dispensável; ( ) Não há consenso sobre a associação entre alterações eletroencefalográficas e risco de epilepsia; ( ) As CFs podem preceder síndromes epilépticas; ( ) A idade da 1ª crise se relaciona a risco de epilepsia. Assinale a alternativa CORRETA:
Lactente de 4 meses iniciou quadro de cianose labial e de extremidades que piora com o choro e durante as mamadas. Exame físico: eutrófico, eupneico, precórdio calmo, sopro rude em borda esternal esquerda. Rx tórax com área cardíaca de tamanho normal, arco médio escavado, hipofluxo pulmonar e ausência de infiltrado pulmonar. Nesse caso, a cardiopatia MAIS provável é:
Um recém-nascido de 42 semanas gestacionais, peso ao nascer de 4 kg, pele enrugada e descamada, com história de presença de líquido aspecto meconial no parto, apresentou taquipneia e gemência nas primeiras horas após o nascimento, que piorou nas próximas 24h. Evoluiu com reflexos neurológicos alterados e crises convulsivas. Apresentou cianose central com necessidade de suporte ventilatório. Sobre a fisiopatologia deste quadro, assinale a alternativa INCORRETA:
Compartilhar