Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente do sexo feminino, 32 anos de idade, previamente hígida, não tabagista, queixa-se de tosse seca irritativa há oito semanas e dispneia a grandes esforços. Internada por ter apresentado um episódio leve e único de hemoptise. A radiografia de tórax mostrou pulmão branco unilateral com a traqueia desviada para o mesmo lado. Qual a hipótese diagnostica inicial mais provável?

A
Pneumotórax progressivo em fase hipertensiva
B
Pneumonia atípica comunitária por micoplasma
C
Carcinoma broncogênico (pequenas células) central
D
Adenoma brônquico (carcinoide) central
Sobre prolapso dos órgãos pélvicos, assinale o grupo de assertivas totalmente corretas: 1- As estruturas de sustentação pélvica incluem: os músculos e o tecido conjuntivo do assoalho pélvico, o tecido fibromuscular da parede vaginal e o tecido conjuntivo endopélvico. 2- Considerando os acessos para a correção cirúrgica das distopias, somente são usadas as vias vaginal e laparoscópica. 3- O reparo para vaginal consiste em refixar o sulco vaginal lateral à fáscia do músculo obturador interno e arco tendíneo da fáscia pélvica. 4- O hiato genital é medido do centro do meato uretral externo até à linha média himenal (classificação POP-Q). 5- O corpo perineal é medido da linha média himenal até a junção cutâneo-mucosa.
Escolar de 7 anos de idade, sexo masculino, com história de há 3 semanas apresentar piodermite, é atendido em uma emergência por apresentar edema nos pés e região pré-tibial, oligúria e hematúria macroscópica. Ao exame constatou-se hipertensão arterial. Diante do quadro a opção que melhor correlaciona diagnóstico com resultado laboratorial é:
Qual a variação de frequência do ritmo alfa internacionalmente aceita?
A Terapia Comunitária, sistematizada há mais de 20 (vinte) anos no Ceará, pelo psiquiatra Adalberto Barreto, hoje presente em vários cenários da saúde pública brasileira, possui como pilar teórico a:
Compartilhar